O sol e o vento

SolO sol e o vento brigavam sobre qual dos dois era mais forte. A discussão foi larga porque nenhum dos dois queria ceder. Vendo que pelo caminho avançava um homem acordaram em provar as suas forças contra ele.

 

-Você verá- disse o vento – como eu vou me jogar contra esse homem para rasgar as suas vestes.

 

E começou soprar o quanto podia. Porém, quanto mais se esforçava, o homem mais oprimia a sua capa, gritando contra o vento e continuava caminhando.

 

O vento irado, descarregou a chuva e a neve, mas o homem não parou, mas se apegou mais a sua capa. Compreendeu o vento que não era possível tirar dele a capa.

 

O sol sorriu, e se mostrou entre duas nuvens, aqueceu a terra e o pobre homem, que ficava feliz com aquele doce calor, tirou a capa e a colocou sobre os seus ombros.

 

-Você viu- disse o sol ao vento – com bondade você consegue mais do que com violência.

 

Reflexão:

 

Os seres humanos precisam meditar profundamente sobre as suas ações. Utilizam violência, ironia e agressividade para tentar lograr os seus objetivos. Não percebem que na maioria das vezes, com esses métodos, é mais difícil alcançar o que desejam.

 

Um sorriso sempre pode lograr muito mais do que o mais forte dos gritos. Basta se colocar por um momento no lugar dos demais para comprovar isso. O que você prefere, um sorriso ou um insulto? Uma carícia ou uma bofetada? Uma palavra doce ou uma ironia? Pense em que os demais com certeza preferem o mesmo que você… Então vamos a tratar aos nossos semelhantes da mesma maneira em que gostaríamos de ser tratados.

 

Deixe uma resposta