Sacudindo a terra

BURRITOUm dia o burro dum camponês caiu num poço. Quase sem poder se mover o animal ornejava assustado, enquanto o camponês tentava procurar ajuda, sem consegui-la.

 

O camponês diante da impossibilidade de sacar ao animal pensou: “O burro já está velho, me serve de pouco e este poço de qualquer jeito precisa ser coberto, assim que na verdade não vale a pena tirar ao burro desse lugar”.

 

Pegou uma pá e começou a jogar terra dentro do poço.

Quando o burro sentiu sobre o seu lombo a terra que caia, pressentiu que algo errado estava acontecendo e de forma instintiva começou a sacudir a terra que estava em cima dele. O camponês seguiu jogando terra ao poço e o burro continuou sacudindo a terra do seu lombo. Pouco a pouco a terra foi caindo no fundo do poço e se afirmando com o movimento das patas do burro.

 

O camponês com tristeza e sem mirar ao interior do poço ia jogando a terra devagar, mas de pronto um barulho e viu com surpresa como o burro saiu dum salto do poço.

 

Reflexão:

Durante a sua vida você vai sentir cair sobre a sua espalda, tudo tipo de terra, vai sentir nas suas costas os problemas, de conflitos, de dúvidas, de sem sabores e muitas coisas mais.

 

Mas depende de cada um colocar cada situação adversa debaixo dos seus pés, ou bem deixá-las sobre a suas costas e permitir que o peso lhe deixe imóvel no mais profundo do poço.

 

Aprender a se sacudir e deixar um dos seus problemas debaixo dos seus pés, vai lhe permitir dia a dia subir um degrau e viver plenamente sem se submeter as situações adversas.

 

Deixe uma resposta