Reflexo da vida

ReflejosEra uma vez um ancião que passava os dias sentado perto perto de um lago na entrada do povoado.

 

Certo dia, um jovem se aproximou e lhe perguntou:

“Eu nunca tinha estado neste lugar, como são os habitantes da cidade?”

 

O ancião lhe respondeu com outra pergunta: “Como eram os habitantes da cidade de onde você vem?”

 

“Egoístas, malvados, por isso tenho me sentido muito feliz de ter saído de lá”.

“Assim são os habitantes desta cidade” lhe respondeu o ancião.

 

Um pouco depois, outro jovem se aproximou ao ancião e lhe fez a mesma pergunta: “Estou chegando a este lugar, como são os habitantes desta cidade?”

 

O ancião de novo, respondeu com a mesma pergunta: “Como eram os habitantes da cidade de onde você vem?”

 

“Eles eram bons, hospitaleiros, honestos e trabalhadores. Tinha tantos amigos que para mim foi muito difícil me afastar de todos eles”.

 

“Assim também são os habitantes nesta cidade” respondeu o ancião.

 

Um homem que estava observando o lago e que tinha ouvido as conversas, quando o jovem se afastou, disse ao ancião. “Como você pode dar duas respostas completamente diferentes a mesma pergunta feita por duas pessoas?”

 

“Olha,” respondeu: “Cada um leva o universo no seu coração. Quem não tem encontrado nada de bom no seu passado, tampouco vai encontrá-lo aqui”.

 

Em troca, aquele que tinha amigos na cidade, encontrará também aqui amigos leais e fiéis. Porque as pessoas são o que encontram em si mesmas,e encontram sempre o que esperam encontrar”.

 

Deixe uma resposta