O circulo do ódio

circulo de odioO dono de uma empresa gritou com o seu administrador, porque nesse momento estava muito nervoso.

 

O administrador chegou a sua casa e gritou com a sua esposa, acusando-a de gastar demais, ao vê-la com um vestido novo.

 

A esposa gritou com a empregada porque tinha quebrado um prato.

 

A empregada bateu no cachorro porque a fez tropeçar.

 

O cachorro saiu correndo e mordeu a uma senhora que passava pela rua, porque lhe incomodava a presença dela.

 

Essa senhora foi ao hospital para que curassem suas feridas, e tratou de forma ignorante ao médico que a curou.

 

O médico chegou a sua casa e gritou com a sua mãe, porque a comida não estava no ponto.

 

A mãe acariciou os seus cabelos e lhe disse: “Filho, amanhã farei a sua comida favorita. Você trabalha muito, você está cansado e precisa de um boa noite de sono. Vou mudar os lençóis da sua cama por outros bem limpos e perfumados, para que você tenha um descanso maravilhoso e amanhã você vai se sentir bem melhor. Logo o abençoou e saiu do quarto para que ele pudesse descansar.

 

Nesse momento se interrompeu o círculo do ódio, pois ele se encontrou com a paciência, com o perdão e com o amor.

 

Para quem está num círculo de ódio, a solução é a paciência, a disposição ao perdão e sobre tudo o amor, agindo assim você poderá romper esse círculo.

 

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” (Provérbios 15:1).

 

Deixe uma resposta