A bomba de água

la-bomba-de-aguaUm homem estava perdido no deserto a ponto de morrer de sede, logo, viu uma velha cabana sem janelas, sem teto, desgastada pelo tempo. O homem fugiu do calor do sol do deserto numa sombra e olhando ao seu redor viu, a alguns metros de distância, uma bomba de água, velha e oxidada. Foi até lá e começou a bombear sem parar.

 

Nada aconteceu e desanimado, se jogou no chão.

 

De imediato, notou que ao lado da bomba tinha uma garrafa. A olhou, limpou a sujeira e o pó e conseguiu ler a seguinte mensagem: “Meu amigo, para que esta bomba funcione você precisa primeiro a preparar esvaziando nela toda a água desta garrafa.

 

P.S. Faça o favor de encher a garrafa antes de ir embora.

 

O homem abriu a garrafa e efetivamente tinha água. A garrafa estava quase cheia de água. Porém agora se enfrentava a um grande dilema: Se bebia a água poderia sobreviver, mas se jogava a água na velha bomba oxidada, talvez obteria água fresca, bem gelada, do fundo do poço, mas talvez não.

 

Se a bomba funcionava poderia ter toda a água que desejasse e poderia preencher a garrafa para a próxima pessoa, mas, e se não funcionava?

 

O que devia fazer? Jogar a água na velha bomba e esperar a água fresca e fria ou beber a água da garrafa e salvar a sua vida?

 

Deveria perder toda a água que tinha, esperando que aquelas instruções de pouca confiança, escritas nem sabia quanto tempo atrás, fossem certas?

 

Com temor, o homem colocou toda a água na bomba e começou a bombear… A bomba começou a chiar, mas nada aconteceu.

 

Em alguns instantes surgiu um pouquinho de água, depois, um pouco mais e finalmente a água saiu com abundância.

 

A velha e oxidada bomba fez sair muita, mais muita água fresca e cristalina. O homem encheu a garrafa e bebeu dela até saciar-se. A encheu outra vez para o próximo que passara por ali, fechou e agregou uma pequena nota a etiqueta.

 

“Acredita, funciona! Você precisa dar toda a água antes de poder obtê-la outra vez!”

 

Reflexão:

É preciso se esvaziar de si mesmo para poder receber todas as maravilhas que Deus tem preparadas para cada um de nós.

 

Deixe uma resposta